quinta-feira, 14 de agosto de 2008


NEUROCOSMETICOS - Felicidade em potes

(FONTE: Dra. Ana Maria Albuquerque - http://delas.ig.com.br/materias/363501-364000/363991/363991_1.html)

Já não é surpresa que a felicidade interior reflete-se numa pele mais bonita e saudável. Pois é justamente este conceito que está revolucionando a estética e impulsionou o aparecimento de um tipo de produto que alia os poderes da cosmetologia com qualidade de vida: os neurocosméticos.

Os neurocosméticos prometem atuar na comunicação entre o cérebro e as estruturas dermais para manter a pele mais bonita.

A ciência já provou que o estresse é capaz de influenciar todo o sistema nervoso, conseqüentemente atingindo a pele. As células estressadas geram cargas dobradas ou triplicadas e completamente desordenadas. Então, ocorre um desequilíbrio interno na estrutura celular e o metabolismo é acelerado, o que colabora para o aparecimento de radicais livres e do envelhecimento precoce.

Esta nova aposta da indústria da beleza propõe o rejuvenescimento ao relaxar e proteger as células nervosas da pele e estimular a produção de endorfina, popularmente conhecida como o hormônio da felicidade. Eles se dividem em dois tipos principais de ação: os cosméticos Neurosensoriais e os cosméticos de Neuroproteção.

As duas substâncias estão disponíveis em produtos sobre prescrição médica e algumas marcas já apostam em sua aplicação doméstica, inclusive em produtos para o público masculino. Como ambas estão indicadas como tratamento antienvelhecimento, devem ser usadas em pessoas com mais de 30 anos, associados ou não a outros princípios ativos. Saiba mais sobre elas:

Neurosensorial
O Neurosensorial visa propor um bem-estar duradouro, real, através da liberação dos "agentes da felicidade" - as betas-endorfinas. Elas promovem efeito antienvelhecimento, melhorando a vitalidade da pele e proporcionando uma sensação de bem-estar. Além disso, melhora a firmeza cutânea, diminuindo a profundidade das rugas. Para quem deseja aproveitar os benefícios dessas substâncias, no Brasil está disponível o Endorphin, um neurosensorial de origem natural composto de polifenóis de cacau e extrato da flor da Tephrosia Purpúrea.

Neuroprotetores
Os Neuroprotetores protegem os neurônios cutâneos responsáveis pelo comando e equilíbrio das trocas celulares, através da ação "NGF-Like" (o NGF é uma substância produzida naturalmente pelo corpo para sobrevivência, bom funcionamento e proteção dos neurônios). O primeiro ativo deste gênero que já está disponível no mercado nacional é o Neuroxyl, composto por dois tipos de neuropeptídeos que agem na preservação da rede neuronal cutânea, sendo assim, preservam os neurônios que agem sobre a pele.

Acorde renovada
O melhor horário para aplicar os neurocosméticos é antes de dormir. É neste horário em que a derme aumenta a circulação sanguínea e promove uma varredura dos radicais livres acumulados durante o dia e ainda reestrutura seu DNA e produz colágeno. Por todos esses motivos, este é o período ideal para a absorção dos neurocosméticos, ideais para uma noite repleta de bons sonhos.


--------------------------------------------------------------------------------
Para saber qual o tipo de formulação mais adequada para seu tipo de pele e faixa etária, consulte o dermatologista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário