quarta-feira, 29 de abril de 2009


GRIPE SUÍNA

Nenhuma região do mundo está imune à propagação do vírus da gripe suína, que terá provocado já 149 mortos no México, advertiu ontem o número dois da Organização Mundial de Sáude (OMS), Keiji Fukuda.

"Numa época em que as pessoas viajam de avião muito rapidamente por todo o mundo, não há nenhuma região do mundo onde o vírus não se possa espalhar", explicou ontem Keiji Fukuda.

Embora o vírus da gripe suína com origem no México se tenha propagado por todo o mundo, a OMS decidiu ontem elevar de três para quatro, numa escala de seis, o seu nível de alerta, que significa já um "aumento significativo" do risco de pandemia.

A decisão da OMS surge numa altura em que o número de casos, suspeitos e confirmados, de gripe suína tem aumentado em todo o mundo, com as autoridades de saúde a temeram um epidemia de amplitude mundial.

(FONTE: www.agroportal.pt/x/agronoticias/2009/04/28.htm )


Cuidados básicos para evitar a contaminação pelo vírus gripe suína
(Publicada em 26/04/2009 no site O Globo às 14h40m)


Com a confirmação de 20 casos de gripe suína nos Estados Unidos, foi decretada emergência em saúde no país . Em entrevista coletiva na tarde deste domingo, o diretor do Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA (CDC, na sigla em inglês), Richard Besser, disse que há uma responsabilidade individual e outra familiar para controlar a propagação dos casos. O conselho para os pais é de que as crianças doentes não saiam de casa.
Para evitar que a pessoa seja infectada, a primeira recomendação é de que se tome a vacina contra gripe anualmente. Algumas medidas também são recomendadas, como cobrir a boca ao tossir e lavar frequentemente as mãos. Confira abaixo a lista de cuidados do CDC:
1) Evite contato muito próximo com pessoas doentes e mantenha distância dos outros caso a pessoa infectada seja você.
2) Fique em casa se estiver doente. Assim você estará ajudando a não disseminar a doença
3) Cubra sua boca e seu nariz sempre que tossir ou assoar o nariz.
4) Lave as mãos, sempre, para prevenir contato com germes.
5) Evite encostar em seus olhos, seu nariz ou sua boca com as mãos sujas, para não que não sirvam de porta de entrada para os vírus.
6) Tenha outros bons hábitos, como dormir bem, fazer atividade física, controlar o estresse, beber líquidos e ingerir alimentos saudáveis.
Veja abaixo alguns fatos do CDC sobre como a gripe suína se espalha entre humanos:
* O vírus da gripe suína tipicamente afeta porcos, não humanos. A maioria dos casos ocorre quando pessoas têm contato com porcos infectados ou objetos contaminados circulando entre pessoas e porcos.
* Porcos podem ser infectados por gripes humanas ou aviárias. Quando um vírus da gripe de diferentes espécies infecta porcos, eles podem se misturar dentro do animal e novos vírus mutantes podem ser criados.
* Porcos podem repassar vírus mutantes de volta para humanos e eles podem ser transmitidos de humanos para humanos. A transmissão entre humanos é mais difícil do que em uma gripe convencional.
* Os sintomas da gripe suína em humanos são similares àqueles da gripe convencional - febre repentina, tosse, dores musculares e cansaço extremo. Este novo surto, aparentemente, também causa mais diarreia e vômitos que a gripe convencional.
* Vacinas estão disponíveis aos porcos para a prevenção da gripe suína. Não há vacina para humanos, embora o CDC esteja formulando uma. A vacina contra a gripe convencional pode ajudar a prover proteção parcial contra o vírus suíno H3N2, mas não contra o H1N1, como o que está circulando agora.
* Não há contaminação pelo consumo de carne ou produtos suínos. Cozinhar a carne de porco a 71 graus Celsius mata o vírus da gripe suína, assim como outros vírus e bactérias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário