sábado, 30 de janeiro de 2010

SOBRE ENCHENTES, TERREMOTOS E SUAS CAUSAS
                                                    
Conversando recentemente com meu amigo, o geólogo Carlos Murilo Carli, aproveitei para tirar algumas dúvidas e, com sua paciência e conhecimento, ele simplesmente deu-me uma “aula” . Eu não poderia deixar de compartilhar com vocês as informações recebidas, pois, como eu, sei que todos estão preocupados com todos esses movimentos sísmicos , mudanças climáticas, inundações e outros eventos do gênero que estão ocorrendo ultimamente, provocando tantas catástrofes e, é claro, apreensões de nossa parte. Fiz a ele inclusive “a pergunta que não quer calar” a nós, leigos no assunto: "se esses movimentos nas Placas Tectônicas têm a ver com a tão comentada mudança do eixo da Terra para a posição original".
Leiam abaixo, na íntegra, as explicações desse brilhante geólogo.



Respondendo sua questão:
Não. A movimentação de placas tectônicas e a Teoria de mudanças no eixo da Terra são coisas diferentes.

As placas tectônicas são “blocos continentais” que formam a parte dura do globo terrestre e que estão em constante movimento, coisa de centímetros por ano.

Os continentes são as partes emersas (fora do oceano) das placas, portanto as placas são enormes.

Então um gigante desses se movimentando alguns centímetros por ano, é uma coisa imperceptível.

O que causa o movimento das placas são as correntes de magma no interior do planeta e a erupção do magma, que causa o aparecimento dos vulcões nas bordas das placas e isso empurra as placas em sentidos opostos.

Então, onde existem vulcões, pode-se dizer que é a borda da placa tectônica.

Nesses locais é que ocorrem terremotos.

Mas o que causa um terremoto?? O movimento das placas, apesar de pequeno, acumula grande energia cinética, o terremoto é a acomodação de um pequeno pedaço da placa nas bordas.

É como que você ir empurrando um monte de pedras, você vai aumentando, aumentando a pressão, até que num determinado momento algumas pedras se movimentam para aliviar a pressão.

Aqui no Brasil, as vezes, sentimos um reflexo de algum tremor ocorrido distante, porque a estrutura rígida também oscila como um todo. È o que se chama de tremor residual.


Com relação a mudança do eixo da terra, isso está registrado nas rochas do mundo todo.

Isso ocorre realmente, mas isso ocorre no nível planetário e estelar de uma forma muito, mas muito devagar para os nossos sentidos.

Estamos falando de milhões de anos para se alterar 1 grau de inclinação da Terra.

Os registros são da seguinte maneira, existem alguns minerais com metais em sua composição (Ferro, Alumínio, Cobre, etc.), que atuam como agulha de bussola, apontando para o Norte Magnético da Terra quando estão se formando.

Analisando esses minerais, observou-se que ao longo das eras geológicas há uma mudança de direção do alinhamento dos minerais.

Isso ao longo das eras que são medidas em milhões de anos.

Concluindo a mudança do eixo depende também de eventos planetários que não são tão rápidos assim, a escala de tempo é a mesma.

PS – Pela minha formação e pelas minhas convicções, não acredito em mudanças catastróficas repentinas e muito menos com data marcada.

As mudanças acontecem sim, as catástrofes para a humanidade, são apenas fatos corriqueiros para o planeta.

Terremotos não têm causa antrópica, o homem não causa efeito ou tem controle sobre o que ocorre nesse nível de alteração do planeta.

O planeta pode sim ser considerado como um ser vivo, porém, ao fazer isso, o homem esquece que nós vivemos 70, 80, 90 anos.

O planeta tem um ciclo de “vida” de 20, 30, 40 BILHÕES de anos.

É muita pretensão achar que o planeta vai acabar nesse século ou nos próximos séculos, o máximo que pode acabar é a raça humana.

Portanto a humanidade é a presunção em si... Achamos-nos muito importantes, mas para a natureza, somos apenas mais alguns insetos no planeta que não influem em quase nada.

Você viu a série de TV (paga) “O mundo sem ninguém”? Se a raça humana desaparecesse hoje, em no máximo 500 anos, não haveria rastros da nossa civilização atual."


Geólogo Carlos Murilo Carli

H2O Soluções em Água Ltda.

12 – 3937-1120

Nenhum comentário:

Postar um comentário