quinta-feira, 8 de março de 2007




O PODER DA BRUXA EM TODAS AS MULHERES

Família e amigos geralmente adoram se reunir para alimentar. Em torno de uma "boa mesa", ou de um fogo enquanto preparamos os alimentos, acabamos alimentando não só o corpo, mas a alma também! Recentemente, em um desses agradáveis momentos, comecei a observar como é quase natural a formação de dois grupos distintos (mesmo dentro de uma mesma cozinha). De um lado os homens e do outro as mulheres em torno de "caldeirões", ou melhor, de grandes panelas, cozinhando, picando verduras, conversando, cantando e ora ou outra "acudindo" a prole. Como é perceptível a diferença do Universo feminino!!! Uma capacidade múltipla de tarefas e uma sensibilidade ao mesclar atenção e comentários distintos.
Em meio a tudo isso foi que ouvi uma das amigas mencionar a palavra bruxa. Percebi que dentro do assunto que decorria, essa palavra carregava uma conotação pejorativa. Então resolvi explicar que todas nós "somos bruxas", e que ser bruxa não quer dizer ser má (embora isso seja uma questão de escolha, pois o bem e o mal existem dentro de todos nós, seres humanos).
Em sânscrito, bruxa quer dizer mulher sábia, sabedoria feminina, mulher mágica. É dentro desse conceito que digo que "o poder da bruxa" está em todas as mulheres. Quer ver só?! Somos sensíveis o suficiente para pressentirmos algo ou intuitivas para adivinharmos, é o tal do "sexto sentido", que algumas têm mais aguçado. Somos mágicas ao conciliarmos tantas tarefas de uma só vez. Somos feiticeiras ao usarmos as propriedades terapêuticas das ervas, e na melhor das intenções prepararmos chás para curar os males do corpo e da alma das pessoas queridas. Somos intimamente ligadas à natureza e estamos sujeitas com mais intensidade aos efeitos de cada fase da lua. Reverenciamos as divindades femininas do universo, exemplos de amor e compaixão, com as quais nos identificamos. Valorizamos cada ciclo de nossa existência, conscientes de que em todos eles temos nossos encantos seja como donzela, mãe ou anciã. Somos naturalmente misteriosas...
Em relação aos dons especiais que possuímos, algo interessante foi dito pelo psicólogo transpessoal e investigador alemão Dr. Hans Tem Dam. Segundo ele, não apenas uma, mas todas as mulheres do mundo podem se enquadrar em três categorias:
"-as bruxas que curam os males físicos. Detêm o poder da natureza e o usam com a mesma naturalidade que respiram.
-as sacerdotiza que curam os males da alma. Vivem a um nível mais etéreo, porque essa é a natureza de seu dom. Detêm o poder do Espírito, são conscientes de sua missão e a cumprem discretamente.
-as feiticeiras que são bruxas intelectuais. Têm e sentem o dom, mas não o aceitam sem questionar, têm de analisá-lo para aceitar sua essência, compreendê-lo à luz da razão."
Para alguns essas teorias podem parecer um tanto quanto estranhas, mas tenho certeza que todas as mulheres se identificarão em alguma parte do que foi dito. E todos hão de concordar que a égide(proteção) do gênero feminino é essencial para a harmonia sobre a Terra. Por isso e por muito mais é que reverencio todas as mulheres e o "poder oculto da bruxa", ou seja, a sabedoria e magia que há em todas nós!!

Mirian Christhiane de Menezes Arantes

Um comentário: