sábado, 7 de julho de 2012

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS FORÇAS INTERNACIONAIS DE PAZ DA ONU

Seguramente, depois do nascimento de minhas filhas e netos, hoje viví a maior emoção de minha vida. Eu alí, tão pequenina perante esse mundão de nosso Deus,  recebendo honras militares ( inclusive com manobras e apresentação de armas dos soldados do 8 Batalhão do Exercito ) ao lado de  autoridades civis e militares de alta patente... E qdo o presidente da Associação Brasileira das Forças Internacionais de Paz da ONU, senhor Walter Mello de Vargas, fez  seu belíssimo discurso falando sobre o significado dessa condecoração oferecida em comemoração ao Jubileu de Prata da entidade àqueles que contribuem com seu trabalho para a disseminação da Paz no mundo, e menciou que, na medalha, entre outros símbolos, as 4 cruzes representam  os quatro Evangelistas que, mais do que ninguém, foram e continuam a ser símbolos da luta pela PAZ, eu entendi que esse presente tão valioso me foi dado acima de tudo por Deus e a dimensão de minha responsabilidade em relação à PAZ transcendeu . Portanto, firmo aqui meu compromisso de esforçar-me ainda mais para fazer jus a tal honra e privilégio.

Agradeço a Deus  por esse lindo presente, e a todos voces que, seguramente, são a inspiração e força para que eu me mantenha firme nessa linda jornada!

Nessa foto eu estou olhando toda orgulhosa a minha medalha CINQÜENTENÁRIO DAS FORÇAS DE PAZ DO BRASIL... Êbaaa!!! (chorei um bocado...A emoção foi grande demais..). 
(A Medalha Cinqüentenário das Forças de Paz do Brasil, instituída pela Resolução ABIFP ONU nº 001/05, reconhecida com o código A35MCFPB, conforme publicação no Bol. nº 030 do DGP de 26/07/2006, Fl. 5 do Adt. DCEM 7A, destina-se a premiar e reverenciar o culto aos nobres atributos daqueles que tenham praticado ações meritórias, enaltecedoras do nome da Pátria Brasileira que é detentora do Prêmio Nobel da Paz 1988 e 2001)
Eu com o Sr Walter Mello de Vargas, presidente da ABFIPONU (atrás dele, meu marido Ronald Hasmann)
               
Agora, que tal conhecer melhor essa entidade tão importante?
HISTÓRICO :

Em 27 de janeiro de 1957, deixava o Rio de Janeiro o primeiro contingente brasileiro das Forças de Paz da ONU, seguindo com destino à região de Suez, onde o Brasil iria compor a Força de Emergência das Nações Unidas.

A participação brasileira foi coroada de êxito e trouxe glória às nossas forças armadas pela excelência no desempenho da missão. Desde então, os militares brasileiros, da Marinha, Exército, Força Aérea e Polícias Militares, têm representado o Brasil na mais nobre missão que um soldado pode almejar: a luta pela paz no mundo.

Após a missão pioneira em Suez, no Egito, o Brasil esteve presente nas Forças de Paz operando em dezenas de guerras pelo mundo, sempre levando a mensagem de paz e fraternidade do povo brasileiro, curando feridas, conciliando povos inimigos, reconstruindo países devastados e, não poucas vezes, combatendo de armas à mão.

As Forças de Paz brasileiras estiveram presentes nos locais mais distantes e inóspitos. A lista é extensa: Egito, República Dominicana, Guatemala, Equador, Peru, Congo, Costa Rica, El Salvador, Honduras, Guatemala, Nicarágua, Moçambique, Timor Leste, Croácia, Prevlaka, Índia, Paquistão, Libéria, Angola, Ruanda, Ex-Iugoslávia, Nova Guiné Ocidental, Eslavônia Oriental, Haiti, Costa do Marfim, Chipre e Guiné Bissau. Neste exato momento, enquanto realizamos esta cerimônia, quase dois mil militares brasileiros estão integrando diversas missões em andamento pelo mundo, enfrentando condições adversas, distantes da terra natal, combatendo, salvando e pacificando guerras; mantendo sempre alto o nome do nosso país no concerto das nações.

Impressionante é esta folha de serviços ao Brasil, e é justo que a memória dos feitos destes soldados seja preservada, realçando os valores cívicos e militares de nosso povo. Com essa idéia, em 1985, um grupo de veteranos da missão pioneira em Suez, reuniu-se e criou a Associação dos Integrantes do Batalhão Suez, hoje denominada Associação Brasileira das Forças de Paz da ONU de São Paulo, que ora completa vinte anos de existência.

Em 1988 o Comitê Nobel da Noruega outorgou às Forças de Paz da ONU a maior honraria de nossa sociedade, o Prêmio Nobel da Paz. Este prêmio honra nossas forças militares e reafirma o valor do soldado brasileiro na nobre missão de levar a paz ao mundo.

Tão bem sucedida é a atuação das Forças de Paz da ONU que, no ano de 2001, mais uma vez foram elas lembradas pelo Comitê Nobel, quando a Organização das Nações Unidas foi premiada com mais um Prêmio Nobel da Paz, dividido em igual parte com o seu Secretário Geral Kofi Annan.
Esta é uma honra que dignifica o nosso país.

Conheçam melhor a ABFIPONU acessando http://www.abfiponu.org.br/

2 comentários:

  1. Parabéns, que bom saber de você; e que voe sempre mais alto: amplia a visão!
    Eim! menina-"mulher que ajuda a humanidade" (significado de Sandra).

    olair rafael seeemmpre melhorrr
    sol.med.br/nutricional.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada meu prezado amigo Olair.
      E eu não sabia que esse era o signiificado do meu nome...Sério mesmo??
      Êbaaa!!!

      Excluir