terça-feira, 23 de março de 2010



              OUTONO 


   Por Sandra Hasmann
Costumo comparar as fases da vida às estações do ano: eu, por exemplo, nos meus 54 anos, encontro-me no outono da vida, e como todas as estações, essa também tem suas peculiaridades, sua beleza, seus mistérios e grandes significados. Suas cores são únicas, revestem a natureza de "todas as estações numa só", antes de desnudar-se p/ a reflexão, a ponderação, a transmutação (inverno?!) e, por fim, ao ter concluído o ciclo existencial, atingindo a completude, a maturidade, explode em beleza primaveril, ressurgindo tal qual Fênix, das proprias cinzas, radiante, VIVA, majestosa...

Seja qual for sua estação, desejo-lhe um outono pleno em magia, realizações, conquistas e vitórias.Lembre-se: o sol pode se por, a noite pode tornar-se muito escura, as nuvens podem cobrir a lua e as estrelas, mas o amanhecer é certo, tão certo quanto Deus existe!


Fraternalmente,


Sandra Hasmann 

Nenhum comentário:

Postar um comentário